Centrais Sindicais não aprovam calendário de luta contra reformas Trabalhista e da Previdência

Publicado: 31/07/2017 às 11:45



 

As Centrais Sindicais se reuniram novamente, em São Paulo, nesta última segunda-feira (24). Mesmo diante do mais recente ataque, com a aprovação da Reforma Trabalhista, as Centrais não encaminharam como ação conjunta um plano de lutas pela revogação da reforma trabalhista e também contra a Reforma da Previdência.

Em vez disso, demonstraram apenas preocupação com os desdobramentos que poderão vir com relação ao Imposto Sindical.

A membro da Secretaria Executiva Nacional da CSP-Conlutas, Joaninha de Oliveira​, esteve presente na reunião e destacou a necessidade de organizar a classe trabalhadora para que seja possível barrar os ataques do governo Temer e do Congresso, e fortalecer o trabalhador para que não aceite nenhuma retirada de direitos.

Em relato, a dirigente conta como a CSP-Conlutas se colocou nesta reunião e ressalta a necessidade de seguirmos mobilizados pela revogação da reforma trabalhista e contra a reforma da Previdência.

Confira:

https://www.facebook.com/pg/CSPConlutas/videos/?ref=page_internal

 


Pesquisar